Páginas

10 de mai de 2012

Tombense a uma vitória da elite do futebol mineiro


Tombense x Ipatinga: empate aos 49 minutos do 2º Tempo

Jogando em casa, no Estádio Antonio Guimarães de Almeida, na Cidade de Tombos, o Tombense empatou a partida contra a forte equipe do Ipatinga, no dia 05/05. O alvirrubro foi melhor em todo o primeiro tempo, perdendo várias oportunidades de abrir o marcador com o atacante Thiago Azulão. Isso prejudicou o time, que poderia ter saído com um placar a seu favor no primeiro tempo.
No intervalo, o  Ipatinga fez algumas mudanças no time acertando o meio de campo , e o time começou a distribuir bem a bola, até que aos 10 minutos em um bate-rebate na pequena área o centroavante Jonathan Obina escorou de cabeça abrindo o marcador para o tigre do Vale do Aço.
O Tombense sentiu o gol e começou a errar muitos passes e com isso o Ipatinga começou a pressionar os donos da casa e levou o técnico Toninho Cajuru do Tombense a fazer alterações na equipe, colocando o meia Zotte que acertou a marcação no meio de campo. Mas ainda assim o time não conseguia passar pela defesa adversária. Depois de uma entrada violenta do zagueiro e capitão do Ipatinga, Claudio Luiz, como já tinha o cartão amarelo tomou o vermelho e foi expulso.
Com um a menos, o time visitante começou a segurar o jogo e fazer a chamada cera em campo para levar o resultado de 1 x 0 até o final. Com um a mais, o Técnico Toninho Cajurú mexeu no time colocando mais um atacante, Nahô, colocando o time todo pra frente e deu certo: o Tombense jogou em cima do Ipatinga todo o restante da partida e, aos 49 minutos do segundo tempo, em uma bola na área, o atacante Nahô escorou de cabeça empatando a partida. O empate serviu de alívio para a imensa torcida que lotou o Estádio Antonio Guimarães de Almeida. Enquanto isso, em Patos de Minas, o Araxá empatou em 0 x 0 com o Mamoré e chegou aos 10 pontos na chave.

Tombense x Mamoré: vitória na casa do adversário

A partida decisiva entre Mamoré e Tombense, em Patos de Minas, no dia 09/05, começou de maneira eletrizante, somente a vitória interessava aos dois times e desde o início o jogo foi totalmente ofensivo. O Mamoré foi o primeiro a atacar com perigo aos 3' de jogo. Imediatamente o Tombense respondeu com um escanteio que resultou em uma bolada no travessão, mas o lance foi anulado. Aos 6' a equipe de Tombos teve outro escanteio e o jogador Léo Alemão subiu entre os marcadores e abriu o marcador da partida.
A resposta do Mamoré foi imediata. Aos 11' o meia Evandro fez linda jogada e bateu cruzado para o gol do zagueiro Jhonathan Machado. Apesar do empate, o Mamoré não conseguiu impor um domínio sobre o Tombense, que demonstrou ser uma equipe perigosa e exigindo muito do setor defensivo do sapo. Os atacantes Azulão e Dudu, sempre perigosos, incomodaram muito no primeiro tempo.
O Mamoré conseguiu levar perigo nas jogadas de Evandro e nos chutes de longa distância do jogador Thiago Carvalho. O marcador Paulinho do Mamoré recebeu cartão amarelo aos 41' do primeiro tempo, após matar um contra-ataque. Na cobrança da falta, a zaga do Mamoré sofreu o segundo gol de cabeça da noite. Cruzamento para dentro da área e Felipe marcou aos 43'.
No último lance do primeiro tempo o atacante Maxuell mandou a bola no travessão do Tombense que terminou o primeiro tempo na frente. Os jogadores do Mamoré reclamaram muito da arbitragem no intervalo, alegando que o jogador Felipe estava impedido quando fez de cabeça. A torcida reagiu contra o goleiro Thiago Oliveira, entendendo que ele deveria ter saído na bola do segundo gol.
No intervalo, o treinador do Mamoré, Eugênio Souza, sacou Jéfferson e colocou o atacante Roberth para tentar melhorar o poder ofensivo da equipe esmeraldina. Nos primeiros minutos, o jogador Thiago Carvalho passou um susto em todos ao cair sentido dores, mas foi diagnosticado um pisão no punho e ele seguiu na partida. Aos 6' o Tombense voltou a sofrer um ataque perigoso e o Mamoré demonstrou sua maior deficiência, bola na área e cabeçada que a bola atingiu o travessão.
Um minuto depois o Tombense marcou o 3º gol na partida. O lateral Beto ajeitou para Thiago Azulão que bateu forte aos 7' e saiu para comemorar. Perdendo de 3 x 1, o treinador Eugênio Souza sacou Maxuell e entrou com o marcador Marcelinho no meio campo. O Mamoré conseguiu diminuir aos 17' com o atacante Roberth. Após boa jogada de Evandro, a bola sobrou para Roberth que chutou forte, a bola bateu no zagueiro e enganou o goleiro para alegria da torcida verde.
Na sequência, o Mamoré quase conseguiu o empate após chute de Jhonathan Machado. Com a pressão o Tombense recuou para tentar garantir a vitória em Patos de Minas. Aos 31' Eugênio Souza jogou suas últimas fichas ao sacar o lateral direito Ricardo e entrar com o meia atacante Robertinho. Aos 37' o meia Evandro cobrou falta perigosa e a bola tocou travessão e saiu pela linha de fundo. No desespero, o Mamoré ainda tentou no finalzinho da partida, mas o time não conseguiu o resultado esperado e sofreu a derrota decepcionante diante da sua torcida. O Tombense foi merecedor da vitória. No Fausto Alvin, o Araxá empatou em 2 x 2 com o Ipatinga e está de volta a elite do futebol Mineiro, conquistando com uma rodada de antecedência o título do Módulo II.

Classificação:

Araxá: 11 pontos
Tombense: 07 pontos
Ipatinga: 05 pontos
Mamoré: 04 pontos



Araxá Campeão

Nenhum comentário:

Postar um comentário